Como prevenir a Diástase

As causas para diástase são muitas – o sedentarismo, a obesidade, o eterno “engorda emagrece, além das grávidas (público mais comum). Quanto maior ela for, mais complicado será o tratamento da diástase, podendo inclusive ter indicação cirúrgica.

Em diástases com menos de 5 cm, se o tratamento for realizado diariamente, em cerca de 2 a 3 meses é possível observar a diminuição da diástase.
A cirurgia é o último recurso para correção do problema e, nada mais é que costurar os músculos.

Prevenir é sempre a melhor alternativa, agende uma consulta e comece hoje mesmo o fortalecimento muscular e pélvico para preservar a sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *